Como funciona um gerador de ozônio?

A matéria prima do gerador

O gerador de ozônio necessita de gás oxigênio (O2) para transformar em ozônio (O3). Algumas máquinas maiores, para piscinas de uso coletivo, utilizam secadores de ar e concentradores de oxigênio para aumentar a produção. Para o caso de equipamentos residenciais, é normal que as células de ozônio trabalhem diretamente com o ar ambiente.

Há também as células que necessitam de sílica para funcionar. Essas células normalmente têm um tempo de vida menor, e necessitam de manutenção periódica. Você pode assistir uma comparação no vídeo abaixo:

Transformando oxigênio em ozônio

A partir do momento que o oxigênio entra no equipamento, ele passa pela célula geradora de ozônio. Essa célula transforma o oxigênio em ozônio por meio da descarga de corona, também chamada de plasma frio.Assim, o O2 se desfaz, liberando íons de oxigênio. Esses íons se rearranjam e se transformam em ozônio (O3). O ozônio é muito instável, e na água, tem tempo de meia-vida em torno de 15 minutos.

Injetando ozônio na água

O jeito mais eficiente de utilizar ozônio é com “injeção por pressão negativa”, por isso focaremos apenas nesse caso. A injeção por pressão negativa nada mais é que um injetor venturi. Ao passar água dentro do injetor venturi, uma pressão negativa é criada e o ozônio é puxado para dentro do venturi.
Como funciona gerador de ozônio com venturi
O injetor venturi é uma peça extremamente importante para a correta injeção do ozônio. Alguns injetores são bem caros pois eles garantem que mais ozônio está sendo difundido na água e menos ozônio está sendo perdido na atmosfera. Por isso, sempre recomendamos comprar o injetor venturi Panozon, fabricado no Brasil com tecnologia própria e com a maior eficiência de dissolução de ozônio no mercado.

Leia mais

Continue explorando

Como medir a geração de ozônio na piscina uti...
29 de abril de 2024
Como funciona o ionizador de piscina
11 de abril de 2024
Gerador de ozônio para piscinas: como funcion...
6 de abril de 2024
Alergia ao cloro na piscina: o que fazer
22 de fevereiro de 2024