Ozonioterapia é a mesma coisa que tratamento de água com ozônio?

Recentemente, a ozonioterapia tem sido alvo de bastante discussão após uma nova sanção do governo brasileiro. Hoje vamos abordar um tópico que tem gerado dúvidas e confusões: a ozonioterapia e o uso do ozônio no tratamento de água. À primeira vista, ambos envolvem o ozônio, mas será que são a mesma coisa? Acompanhe o post e descubra!

O que é ozonioterapia?

A ozonioterapia é uma modalidade terapêutica que utiliza o gás ozônio para fins medicinais. Este método tem sido estudado e aplicado em diversas condições clínicas, como dores articulares, feridas crônicas, doenças virais, entre outras. O ozônio medicinal é uma mistura de ozônio e oxigênio, e sua aplicação pode variar, podendo ser administrado por via intravenosa, intra-articular, por insuflação ou até mesmo topicamente.

Ozônio para tratamento de água

O uso do ozônio no tratamento de água é uma técnica consolidada e amplamente utilizada em várias partes do mundo. O ozônio é um poderoso agente oxidante que, quando dissolvido na água, pode eliminar uma ampla gama de contaminantes, como bactérias, vírus e produtos químicos como agrotóxicos e outros contaminantes. Além disso, o ozônio contribui para a melhoria do sabor e odor da água, tornando-a mais agradável para o consumo.

Vale notar que, no tratamento da água com ozônio, não há residual de ozônio na água, pois ele reage com os contaminantes e volta à forma de oxigênio puro (O2).

O ozônio é usado para tratar água de países no mundo todo, como França, Estados Unidos, Japão, Canadá e Alemanha, há mais de 100 anos. 

Então qual a diferença de ozonioterapia e água tratada com ozônio?

Embora ambos os processos utilizem o ozônio como elemento central, suas finalidades e aplicações são bem distintas. A ozonioterapia é uma abordagem terapêutica que visa tratar e aliviar diversas condições médicas. O tratamento de água com ozônio visa purificar e melhorar a qualidade da água para consumo, e volta a ser oxigênio após o tratamento.

Outra diferença significativa é a concentração e a forma de aplicação do ozônio. Na ozonioterapia, as concentrações e métodos de administração devem ser ajustados para cada caso clínico, enquanto no tratamento de água, o foco é garantir a eliminação eficaz de contaminantes presentes na água.

Conclusão

Embora a ozonioterapia e o tratamento de água com ozônio compartilhem o uso do mesmo elemento (O3), são procedimentos com finalidades e aplicações distintas. É essencial reconhecer essa diferença para evitar confusões e garantir que ambos os processos sejam realizados de forma eficaz e segura.

A Panozon é líder na América Latina em tratamento de água com ozônio e atua em diversos mercados para garantir uma água sem contaminantes, utilizando uma tecnologia mais saudável.

Ficou com dúvidas? Não hesite em nos contatar!

Leia mais

Continue explorando

Como medir a geração de ozônio na piscina uti...
29 de abril de 2024
Como funciona o ionizador de piscina
11 de abril de 2024
Gerador de ozônio para piscinas: como funcion...
6 de abril de 2024
Alergia ao cloro na piscina: o que fazer
22 de fevereiro de 2024